standard Como registrar o nome de uma empresa

Tão importante quanto elaborar um bom planejamento para cuidar da imagem do seu negócio é investir no registro da sua marca, afinal, se você visa o crescimento dela, o ideal é que não apareçam outras tantas com o mesmo nome que o seu. Hoje, vamos falar um pouco sobre como registrar o nome de uma empresa.

Por que registrar a marca

Ter sua marca registrada é importante a curto e a longo prazo, pois um negócio precisa de uma marca forte para crescer e gerar valor para os clientes. Depois disso, mudar de nome pode ser perigoso, pois confunde o público que já o havia associado ao seu produto ou serviço.

banner criar nome

Lembre-se também de que o nome é de quem registrar primeiro, por isso, se você já encontrou o mais adequado para o seu negócio, não deixe o registro para o dia seguinte, pois depois disso, brigar judicialmente pelo nome pode ser um trabalho bem mais caro e complicado.

Como fazer o registro

Depois de escolher o nome da sua empresa, você deverá verificar no banco de marcas se já existe alguma outra igual. O registro se divide em 35 classes, por isso, se as empresas estiverem em ramos bem distintos, ainda é possível registrar marcas parecidas.

Em seguida, você deve determinar o tipo da marca. Os principais tipos são as nominativas, que são formadas só por palavras; figurativas, formadas apenas por símbolos; e mistas, que incluem nome e símbolo.

Todo o processo pode ser feito online, no portal do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), através do e-MARCAS. A página oferece um link com um manual, que deve ser consultado antes para que possíveis erros não atrapalhem o procedimento.

Feito o cadastro, você deverá pagar uma taxa inicial e, ao final do processo, outro valor é pago para garantir a proteção da marca nos primeiros 10 anos. Os valores das taxas variam em função das características em que as marcas se enquadram e do andamento do processo, mas, vale lembrar que as pequenas empresas têm direito a um desconto de 50%.

Depois, com o número do processo em mãos, você deve aguardar o exame de marcas e acompanhar a Revista Eletrônica da Propriedade Industrial (RPI), onde são publicadas novas exigências, caso o formulário contenha erros. A revista traz também a publicação do pedido, quando outras pessoas terão acesso à sua marca para possíveis contestações.

Por fim, caso não haja nenhum empecilho, seu registro de marca também será publicado na RPI e só deve ser atualizado novamente dentro de 10 anos.

 

Se você deseja criar um nome para empresa ou produto de maneira profissional e segura, então venha para o Logovia. Nossos profissionais estão em todo o Brasil, esperando seu briefing para fazer o melhor pela sua marca. Acesse nosso site e conheça nossos serviços.

banner criar nome